terça-feira, 6 de janeiro de 2009

O alfabeto egípcio - Final

Esta é a última postagem sobre o alfabeto egípcio. Nas próximas postagens vamos descobrir 1) como podemos escrever nossos nomes seguindo as regras do alfabeto egípcio e 2) conhecer uma língua que é descendente direta do egípcio antigo (e que é falada ainda hoje).


Vamos lá. O g aqui tem o mesmo som que o nosso g, como em gato.

Não há, também, nenhum mistério com relação ao primeiro t. O segundo t - o hieróglifo da corda - seria a soma de nosso t com ch. Como na palavra tcheco.

O último som "diferente" é o da cobra. Nada mais é que um som dj como em adjetivo.

É isso. Se você tem alguma pretensão em entender alguma coisa de hieróglifos egípcios, pegue todo o alfabeto e decore os sinais, a transliteração e o que representam. Este não é só um bom começo. É o único começo.

Abraços,
Antonio

Nenhum comentário:

Postar um comentário